Lise says…Trend Alert: “Mini Me”

Capturar
Imagem retirada do Google

Esta foto foi o mote para este post. Quando a vi, enquanto navegava pelo Facebook, parou tudo e pensei “OMG! Que fofo, quero fazer igual com o meu filho!”. Após uma breve pesquisa, percebi que se tratava de uma nova tendência: “Mini Me” (bolas, até o nome é fofo!) e consiste, simplesmente, em pai/mãe e filho/a vestirem-se a combinar. Claro que não precisam de serem fotocópias um do outro, podem combinar apenas uma peça de roupa igual ou então usarem o mesmo padrão/ cor de roupa. Confesso que adorei o conceito. No entanto, acho que se não fosse mãe, não acharia grande piada à ideia e arrisco-me a dizer que, provavelmente, acharia um pouco “piroso” ou de mau gosto. Mas quando temos filhos, apaixonamo-nos pelas nossas crias e a nossa visão das coisas muda bastante (cliché nº 1 sobre a maternidade que afinal não é cliché nenhum!).

Claro que vários famosos aderiram à tendência, tais como a Beyoncé, Kate Moss, Katie Holmes, entre outras.

Apesar de ser uma tendência recente, há já muuuuuitos anos (desde 1997!) que a marca Comptoir dos Cotonniers usa o conceito mãe-filha em termos publicitários. No entanto, nem sempre combinam as roupas entre mãe/filha, apostando mais nas semelhanças físicas entre ambas, sendo, por vezes, não muito evidente distinguir quem é quem nas fotos!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Outras marcas têm apostado na tendência, como por exemplo, a Mango e a Lefties:

mango

Lefties

E por aí, o que acham da tendência? Mamãs e “não mamãs” gostam? Ou nem por isso?

XOXO, Lise*

Anúncios

Há uma linha que separa…

Há muito que é do conhecimento geral que a Zara procura muita da sua inspiração nas coleções de marcas de luxo. Aliás, não é algo que apenas a Zara faça (outras cadeias de fast fashion fazem o mesmo), embora esta surja quase sempre na linha da frente quando o assunto é este! Por esse motivo, hoje vou focar-me apenas na Zara.

Na semana passada entrei numa loja da Zara com uma amiga que precisava de comprar um presente. Foi uma visita rápida porque ela já sabia o que queria. Mas mesmo tendo sido uma visita rápida, pude vislumbrar algumas peças que me chamaram a atenção pela semelhança com as linhas Dolce & Gabbana…

Capturar

(O veludo…)

Capturar1

(O azul Serenity…)

Capturar2

(As transparências…)

Capturar3

(Ah… e os bordados! Pois… 🙂 )

Para terminar, deixo aqui o modelo que fez o meu coraçãozinho bater mais forte assim que os meus olhos “bateram” nele:

3440240800_1_1_1.jpg

E que tal? O que acham destas novidades já disponíveis na Zara?

Haverá por aí mais alguém com vontade de perder a cabeça com algumas destas propostas? O que acham desta inspiração da marca? 🙂

XOXO, Stylish Girl.

Lise says… Menorquinas: sim ou não?

A inspiração para este post surgiu, quase instantaneamente, quando me encontrava de férias em Menorca. Enquanto passeava na Ciutadella (antiga capital da ilha), passei por uma loja da marca RIA e lembrei-me que as famosas menorquinas eram originárias de Menorca (daí o nome delas, claro)! Poderão encontrar imensas lojas espalhadas pela ilha com diversos modelos de menorquinas não só para mulheres, mas também para homens e crianças. Inicialmente, as menorquinas eram utilizadas por trabalhadores do campo enquanto trabalhavam. No entanto, e como já aconteceu com outros modelos/ marcas, o uso das menorquinas foi desviado para o mundo da moda, tornando-se num must-have para muitas pessoas. Várias personalidades aderiram às famosas menorquinas, inclusivé a realeza espanhola e a nossa Pipoca nacional! 🙂

CapturarCapturar1

Confesso que nunca fui muito fã das menorquinas, e sempre achei o modelo um pouco has been. No entanto, uma breve visita pelas lojas da marca RIA fizeram-me reconsiderar a minha opinião. Aos modelos clássicos (demasiado básicos para o meu gosto) juntaram-se modelos mais modernos, com cores e padrões que seguem as tendências atuais. Temos menorquinas com padrão leopardo, zebra mas também com cores néons como o rosa choque ou o amarelo fluorescentes! Também as solas têm sofrido alterações: temos menorquinas com cunha de diferentes alturas (e logo para mim que sou híper-mega fã de saltos altos, apesar de agora usar cada vez mais sapatos rasos desde que sou mamã…). Afinal quem estava has been, era eu (!!) porque andava completamente desatualizada em relação à evolução dos modelos das menorquinas!

Partilho com vocês algumas fotos de menorquinas da marca RIA

 

Outras marcas também propõem diversos modelos de menorquinas, como a Castell , Popa, … Deixo-vos mais alguns modelos de menorquinas da marca Popa. Poderão comprar (alguns) modelos da marca aqui.

 E por aí? Qual é a vossa opinião em relação às menorquinas?

XOXO, Lise*

 

 

Josefinas que andam na boca (e nos pés) do mundo

Tenho de ser honesta e assumir que a primeira vez que ouvi falar das (agora) famosas Josefinas, pensei: “Oi? Umas sabrinas com um design tão simples custam… quanto?!?! No way!”.

Naturalmente, fiquei curiosa e fui pesquisar para tentar entender o motivo que justificasse o sucesso (e o preço) destas bailarinas! E, bom, bastou uma pequena navegação no site para começar a simpatizar com a marca. Este é o primeiro passo que qualquer marca almeja: conseguir conquistar uma certa afinidade com o potencial cliente logo num primeiro contacto (well done, Josefinas!).

O site é muito agradável, com um design muito clean e uma interação bastante intuitiva. Depois, há todo um story telling que nos conquista pela sua simplicidade e pela mensagem sempre presente em todo este projeto: proud to be woman!

 

CapturarE de repente, aquilo que começou por ser apenas um projeto de venda de sabrinas online, começou a crescer e a expandir-se. Atualmente, vemos as Josefinas nos pés das mais famosas fashion influencers e a marca já não se centra apenas nas sabrinas! Já têm também uma coleção de sneakers e, mais recentemente, lançaram a primeira mala, à qual chamaram “Sophie”. Para além disso, o projeto já não é apenas um negócio e-commerce. Em Julho deste ano, a Josefinas abriram uma loja física em Nova Iorque!

 

 

Capturar.JPG
Imagens retiradas do site Josefinas

Um projeto de mulheres para mulheres! Parabéns, Josefinas! A qualidade do trabalho e o empenho que colocamos naquilo que fazemos com paixão, acaba sempre por ser recompensado!

Visitem o site aqui!

XOXO, Stylish Girl.

A Lise chegou ao Blog da Stylish!

Pois é! Tal como sugere o título deste post, temos uma novidade para as nossas seguidoras: a partir de hoje, para além dos posts escritos pela Stylish Girl, o Blog vai ter alguns posts escritos pela Lise!! Para quem não conhece, a Lise é uma devoradora de informação sobre moda, formada em Styling pelo London College of Fashion, tal como a Stylish Girl. Fomos colegas de formação e temos em comum vários interesses – a moda e o styling é um deles!

Para além de ser uma Stylist com muito bom gosto, a Lise destaca-se pela sua incrível capacidade de atenção ao detalhe e pelo facto de estar sempre a par das últimas tendências! Adora experimentar novas comidas, novas tecnologias, viajar, conhecer diferentes culturas e fotografar cada lugar que visita. Claro que em todas as suas viagens, há sempre tempo para conhecer um pouco da “cultura fashion” de cada local. Não temos dúvidas nenhumas de que a Lise vai dar um excelente contributo aqui no Blog! Esperem para ver! 🙂

XOXO, Stylish Girl.

E-Fashion Event: o feedback

Tal como havia partilhado aqui, a Stylish Girl foi convidada para assistir ao E-Fashion Event 2016 realizado pela Esprominho, que este ano decorreu no pátio do GNRation, em Braga.

Numa noite quente e num ambiente agradável, foram vários os alunos que apresentaram as suas propostas, resultado das aprendizagens feitas ao longo do ano. Aqui ficam aquelas que mais encheram os meus olhos:

IMG_1461

Rita Melo

IMG_1467

Filipe Veiga

IMG_1505

Rita Melo

IMG_1510

Cândida Pinto

Esperamos que todos encontrem o sucesso e que continuem a criar peças lindas!

Resta-me agradecer à Cândida Pinto, pela incansável disponibilidade e simpatia, bem como à Ângela Abreu, por me ter “arrastado” para esta pequena aventura! 🙂

XOXO, Stylish Girl ❤